Home » Notícias da Diocese » Nota de pesar pelo falecimento de Padre Angelo Consonni (Pime)

Nota de pesar pelo falecimento de Padre Angelo Consonni (Pime)

| MACAPÁ (AP) | Por Pascom

A Diocese de Macapá comunica e expressar seu pesar pela morte do padre Angelo Consonni, missionário do Pontifício Instituto de Missões Estrangeiras (Pime). O sacerdote italiano foi missionário por cerca de 50 anos em paróquias da diocese. O comunicado foi realizado pelo Pime informando o falecimento de padre Angelo às 11h15, desta terça-feira, 11, na casa de repouso de Rancio di Lecco, na Itália.

O funeral acontece na próxima quinta-feira, 13, na casa de repouso de Rancio di Lecco, horario local de 9h30. Seu corpo será sepultado no cemitério de Villa Grugana.

Ao Pime, familiares e amigos, a diocese de Macapá manifesta sua oração solidária e une-se em intenção de oração pela páscoa do sacerdote. Somos gratos ao Senhor pelo dom da vida e pela missão de padre Angelo Consonni entre nós.

Compartilhamos abaixo a nota do Pime

P. Angelo Consonni (1938-2021)
Hoje pela manhã, terça-feira, 11 de maio de 2021, por volta das 11h15, faleceu nosso querido padre Angelo Consonni em nossa casa de Rancio di Lecco. Ele vinha sofrendo de uma doença respiratória há algum tempo, agravada pela Covid que havia contraído em janeiro passado. Embora ele agora estivesse livre do vírus, ele nunca havia conseguido se recuperar das consequências que deixou na respiração. Ele tinha 82 anos.

Padre Consonni nasceu em Lazzate (atual província de Monza e Brianza, diocese de Milão) em 29 de junho de 1938, filho de Pietro e Rosa. Do 5º ano do ensino fundamental ao médio, frequentou seminários na diocese de Milão; aos 21 anos, durante o curso preparatório no Seminário de Saronno, decidiu dedicar-se ao apostolado missionário, pedindo ao cardeal Giovanni Battista Montini, arcebispo de Milão, que fosse admitido no PIME. Em outubro de 1959 entrou no ano de formação em Villa Grugana, prestou juramento em 29 de março de 1963 e no ano seguinte, em 14 de março, foi ordenado sacerdote pelo arcebispo de Milão Giovanni Colombo, anteriormente seu reitor no seminário diocesano. Depois de dois anos na Itália, é destinado à missão Amapá – Brasil, onde permanecerá por quase 50 anos trabalhando em Marituba, e em outras paróquias da diocese de Macapá (Porto Grande, Amapá,…); ele permanece no Brasil mesmo quando dois derrames, aos 51 anos, paralisam o lado esquerdo de seu corpo. Ele voltou para a Itália em 2012.

Em 1989, o Superior Regional da época descreveu assim ao Superior Geral o estado de saúde de pe. Consonni: “no dia 10 de fevereiro, à tarde, foi encontrado acamado em estado de semi-inconsciência. Levado ao hospital de ambulância, foi internado no Centro de Terapia Intensiva e imediatamente apareceu a paralisia do corpo do lado esquerdo que se estendia também à boca e ao olho direito. O exame tomográfico resultou em uma hemorragia cerebral profunda de 3,5 cm localizada no meio do cérebro. Até agora já se passaram onze dias: o maior problema agora é uma infecção pulmonar, também por causa do fumo, e o fígado e os intestinos também estão ruins, devido aos inúmeros ataques de malária e amebíase no passado. Mas o Padre Ângelo entende e responde, ele também pode falar. Todo o povo de Marituba e Amapá foi tocado na hora, como se fosse a doença de um amigo, pai ou parente. Incrível frequência a igrejas para orar por sua recuperação. Em Macapá, o boletim do estado de saúde tinha que ser divulgado duas vezes ao dia, por meio da Rádio Nacional ”. Por mais 23 anos, o Padre Consonni dará testemunho de Jesus na sua terra, apenas com o simples “ser – como gostava de repetir -, porque graças à doença, compreendi que vale mais a pena do que fazer”.

O funeral será celebrado em Rancio di Lecco, quinta-feira, 13 de maio, às 9h30. Como não é possível assistir ao funeral por causa da emergência sanitária, nos unimos espiritualmente em oração com os confrades da Comunidade. Após o funeral, o corpo seguirá para Lazzate, onde o rosário e a missa serão celebrados às 14h00 para a celebração do sufrágio em sua cidade natal. Ele vai descansar no cemitério de Villa Grugana. Lembrança.

Diocese de Macapá
Pastoral da Comunicação
Contato: 98414-2731
Site: www.diocesedemacapa.com.br
Facebook: /diocesedemacapa
Instagram: @diocesedemacapa
(11/05/2021)

Comente

Seu email nao sera publicado. Campos marcados so obrigatorios *

*