Vaticano e as POM lançam Guia para o Mês Missionário Extraordinário – Portal de Notícias da Diocese de Macapá
Home » Notícias CNBB » Vaticano e as POM lançam Guia para o Mês Missionário Extraordinário

Vaticano e as POM lançam Guia para o Mês Missionário Extraordinário

O Vaticano, por meio da Congregação para a Evangelização dos Povos, e das Pontifícias Obras Missionárias (POM) lançou recentemente, uma versão em português, do Guia para o Mês Missionário Extraordinário. O objetivo do Guia é servir às dioceses em suas necessidades de formação e animação missionária, preparando os fiéis ao redor do mundo para se viver o Mês Missionário Extraordinário, convocado pelo Papa Francisco, para outubro deste ano, por ocasião do centenário da promulgação da Carta Apostólica Maximum Illud do Papa Bento XV.

O Guia servirá para inspirar a criatividade das Igrejas locais e seus cristãos em enfrentar os desafios relacionados com a evangelização da missão ad gentes, sem qualquer pretensão de ser exaustiva reflexão teológica ou sistemática e missão catequética. As partes referidas no Guia correspondem às dimensões espirituais indicadas pelo Papa Francisco na proclamação do Mês Missionário Extraordinário: o encontro pessoal com Cristo vivo na Igreja, o testemunho dos santos e mártires da missão, formação e missão catequética caridade missionária. O texto foi publicado em inglês, italiano, francês, espanhol e português.

Para reavivar a consciência batismal do Povo de Deus em relação a missão da Igreja, o Papa Francisco escolheu para o Mês Missionário Extraordinário o tema “Batizados e enviados: a Igreja de Cristo em missão no mundo”.

No Brasil o Grupo de Trabalho (GT) do Mês Missionário Extraordinário 2019, nomeado na 56ª Assembleia Geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil já se encontrou três vezes para formular a proposta de atividades e apresentou à reunião do Conselho Permanente da CNBB, de novembro de 2018.

Segundo o bispo de Chapecó (SC), dom Odelir José Magri, coordenador do Grupo de Trabalho do Mês Missionário Extraordinário 2019, o GT buscou seguir a orientação dos bispos de não propor uma sobrecarga de ações para além do que as dioceses já fazem. “Vamos buscar integrar as ações do Mês Missionário Extraordinário na dinâmica do que as paróquias e dioceses já tem”, disse dom Odelir. Confira abaixo, propostas de ação que podem orientar o planejamento das ações nas dioceses e regionais.

Propostas para o Mês Missionário Extraordinário em diversos níveis:

As propostas apresentadas pelo Grupo de Trabalho nomeado na 56ª Assembleia da Geral da CNBB foram apresentadas, discutidas e aprovadas por unanimidade na reunião ordinária do Conselho Permanente da CNBB dos dias 20 a 22 de novembro de 2018. Seguem as propostas desde o âmbito internacional até o paroquial.

Internacional
– Carta do Papa ao Cardeal Filoni.
– Cartas do Cardeal Filoni aos bispos, Congregações, movimentos, novas comunidades, associações de leigos/as
– Guia para o MME com reflexões bíblicas, teológicas e testemunhos missionários.
– Conexão com o Sínodo para Pan-Amazônia.
– Centenário da Carta Apostólica Maximum Illud de Bento XV

Americano
As propostas serão discutidas em fevereiro de 2019, na reunião dos diretores das POM com os bispos referenciais da missão, dos 23 países das Américas.

Nacional
– Lançamento do MME no CONSEP: 17-18 de setembro de 2019.
– Abertura do MME, no dia 01/10/19 (dia de Santa Teresinha), no Santuário Nacional de Aparecida.
– Formações e cursos missionários do CCM (Centro Cultural Missionário) alinhados com a temática do MME e as contribuições da Maximum Illud.
– Encontro Nacional da Missão Ad Gentes: 31 de março – 02 de abril de 2019; no CCM.
– Romaria ao Santuário Nacional: 20/10/19 e vigília em Aparecida, estendida a todas Igrejas particulares e santuários do Brasil (19/10/19).
– Incentivar a coleta no Dia Mundial das Missões.
– Promover as Pontifícias Obras Missionárias, em todos os níveis.
– Seminário de Missiologia, no CCM, 10 a 14 de junho de 2019.
– Dar maior visibilidade aos projetos missionários ad gentes e Igrejas Irmãs.
– Congresso Missionário Nacional de Seminaristas: 11-14 de julho de 2019. Promovido pelas POM em comunhão com a Comissão dos Ministérios Ordenados e vida Consagrada e a OSIB.
– Produção de materiais missionários.
– Jornada Nacional da IAM, em maio de 2019, com a temática do MME.
– Mensagem às comunidades de vida contemplativa monástica e de clausura.
– Promover a oração pelas missões em todos os níveis.
– Assumir no DNJ 2019 a temática do MME: Batizados e Enviados
– Entregar na 57ª AG da CNBB, a cruz missionária e bandeira com o logo do MME para todos os presidentes dos Regionais, bispos referenciais da missão e diocesanos.
– Apresentar o projeto do MME numa sessão da 57ª AG da CNBB.

Regional
– Fortalecimento dos COMIREs.
– Tratar a temática nas Assembleias dos COMIREs e outros eventos.

Diocesano
– Preparação e abertura do MME (01/10/19), no Santuário diocesano ou catedral.
– Assumir no DNJ 2019 a temática do MME: Batizados e Enviados.
– Envio de missionários, através dos projetos Ad Gentes e Igrejas Irmãs na vigília missionária.
– Pastoral juvenil realizar atividade pública de anúncio do Evangelho.
– Nas novenas dos santuários diocesanos contemplar a temática do MME.
– Promover a oração pelas missões.
– Acolher a proposta apresentada pela diocese de Roraima diante da situação dos imigrantes Venezuelanos.
– Criação e fortalecimento dos COMIDIs.

Paroquial
– Preparação, abertura do MME e lançamento do material da Campanha Missionária.
– Realizar vigília 19/10/19, visitas missionárias e coleta no Dia Mundial das Missões (19 e 20/10).
– Realizar a novena missionária com os testemunhos da Campanha Missionária.
– Oração pelas missões e intensificar as visitas missionárias.
– Inserir na novena dos padroeiros a temática do MME.
– Criação e fortalecimento e de COMIPAs.

Indicação Geral para o gesto concreto – outubro 2019
Ter como inspiração as três formas de Cooperação Missionária: oração, oferta e saída missionária. No final de semana (19 e 20/10/19) do Dia Mundial da Missões conectar estas três formas de cooperar com a missão de Deus. Realizar na paróquia visitas missionárias, uma vigília no sábado à noite e incentivar a coleta no final de semana. No livro da novena missionária, apresentar uma proposta de oração para vigília missionária.

Proposta de temas para a novena dos padroeiros:
– O encontro com Jesus Cristo.
– Batizados e enviados.
– Missão, identidade da Igreja (focar no testemunho do padroeiro da comunidade).
– Missão além-fronteiras.
– Testemunhas da missão.
– Caridade, fonte e expressão da missão.
– Formação de discípulos missionários.
– Missão e o bem comum com atenção as Políticas Públicas.
– Missão e sínodo da Amazônia.

Para acessar o Guia para o Mês Missionário Extraordinário clique aqui. 

Fonte: CNBB

Comente

Seu email nao sera publicado. Campos marcados so obrigatorios *

*