Bispo de Macapá apresenta Cartilha de Orientação Política da CNBB à corregedora do Tribunal Regional Eleitoral do Amapá – Portal de Notícias da Diocese de Macapá
Home » Notícias da Diocese » Bispo de Macapá apresenta Cartilha de Orientação Política da CNBB à corregedora do Tribunal Regional Eleitoral do Amapá

Bispo de Macapá apresenta Cartilha de Orientação Política da CNBB à corregedora do Tribunal Regional Eleitoral do Amapá

Foto: Mônica Costa

O bispo da Igreja Católica, Dom Pedro José Conti apresentou a Cartilha de Orientação Política, elaborada pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil – CNBB à corregedora do Tribunal Regional Eleitoral, desembargadora Sueli Pini. O encontro que aconteceu no Tribunal de Justiça do Amapá -TJAP foi importante para firmar cooperação da corregedoria do TRE com a Diocese de Macapá, para a divulgação da cartilha. A reunião também contou com presença do presidente do Conselho Diocesano de Leigos, Miguel Soares, na tarde de segunda-feira, 06.

O bispo destacou a importância da cartilha – destinada aos eleitores e candidatos; além de grupos, comunidades e meios de comunicação – sobre a conscientização e a responsabilidade de cada eleitor, pois, segundo Dom Pedro, o voto tem consequências.

“A cartilha faz orientações sobre os princípios e valores essenciais que precisam ser refletidos neste importante momento político que o Brasil enfrenta. E destaca a esperança e a revalorização da política, as preocupações com a crise ética, Lei Contra a corrupção eleitoral, Lei da Ficha Limpa, entre outras orientações sobre a corresponsabilidade do voto e a posição de papa Francisco aos políticos católicos da América Latina,” explicou o bispo.

Com o tema Alegres por causa da esperança (Rm 12,12), e o lema Os cristãos e as Eleições 2018, a cartilha também alerta sobre o fake news e a missão depois das eleições.

A corregedora do TRE-AP, desembargadora Sueli Pini, enalteceu a iniciativa da Igreja Católica e se disponibilizou a colaborar na divulgação da cartilha.

“Fico feliz, ao ver que Igreja Católica não desistiu da luta contra a corrupção. Nós sabemos que são investidos ‘milhões’ nas eleições, pela Justiça Eleitoral… E, por isso, nós da corregedoria podemos contribuir sim e dizer para o eleitor que negociar ou vender o voto é crime. O título eleitoral não é cartão de crédito.” Enfatizou.

Foto: Mônica Costa

Na ocasião, o presidente do Conselho de Leigos, Miguel Soares convidou a corregedoria do TRE para fazer parte da comissão que vai divulgar a cartilha nas paróquias da Diocese de Macapá. Este ano de 2018, as eleições em primeiro turno acontecerão no dia 07 de outubro, e dia 28 de outubro, se houver segundo turno.

“Todos nós eleitores devemos escolher o nosso presidente, governador, senador, deputado federal e estadual. Lembramos o Ano Nacional do Laicato na missão de evangelizar, precisamos do apoio da Justiça Eleitoral, para juntos orientarmos os cristãos leigos e leigas como protagonistas para o bem da sociedade, e desta forma, escolhermos pessoas justas, honestas e respeitosas com seus semelhantes.” Concluiu Miguel.

 

Diocese de Macapá
Mônica Costa – 991807036
Portal de Notícias: www.diocesedemacapa.com.br
Facebook: /diocesedemacapa
Instagram: @diocesedemacapa (06/08/2018)

Comente

Seu email nao sera publicado. Campos marcados so obrigatorios *

*