Dom Pedro Conti dá posse a novo pároco de Jesus Bom Samaritano – Portal de Notícias da Diocese de Macapá
Home » Notícias da Diocese » Dom Pedro Conti dá posse a novo pároco de Jesus Bom Samaritano

Dom Pedro Conti dá posse a novo pároco de Jesus Bom Samaritano

Em missa, pe. Joseph  Kouadio assume Paróquia após renúncia por limite de idade de pe. Luiz Calini.

Padre Joseph assina os documentos de posse | Foto: Simone Souza

| Macapá (AP) | Por Jefferson Souza (Pascom)

O bispo de Macapá, dom Pedro José Conti, deu posse na manhã de domingo, 21, ao novo pároco da Paróquia Jesus Bom Samaritano, no bairro do Zerão, em Macapá. Durante a missa das 7h30, o missionário padre Joseph Kouadio do Pontifício Instituto de Missões Exteriores (Pime) substitui o padre Luiz Carlini (Pime), que renunciou por limite de idade.

Durante a homilia, dom Pedro deu ênfase aos desafios a serem enfrentados pelo novo pároco e destacou as palavras do Evangelho do dia no qual Jesus exorta os discípulos a não terem medo diante das adversidades.

“Temos que dizer ao padre Joseph ‘não tenhas medo’ e qual é o medo que os padres, e os bispos também, têm? Têm medo de não agradar”, explicou.
Dom Pedro destacou que um pároco bom nem sempre agrada a todos e exortou que “se para agradar nós traímos Jesus Cristo nos enganamos”.

“Às vezes devemos ter a coragem de defender aquilo que é o Evangelho, por isso não tenha medo de não agradar todo mundo, tenha medo de trair o Evangelho”, disse.

Após a homilia, padre Joseph Kouadio fez a profissão de fé da Igreja e o juramento de fidelidade ao bispo e seus sucessores como sinal de sua adesão à autoridade e seu comprometimento de cuidado com o rebanho confiado. Confira o vídeo abaixo.

Profissão de fé e de obediência durante a posse canônica | Reprodução: Facebook

Padre Joseph há um ano e meio já atuava como vigário paroquial e também na Pastoral Universitária da Diocese de Macapá. Natural da Costa do Marfim, na África, o missionário aos 35 anos assume a paróquia por tempo indeterminado.

Com experiência em atuar junto aos jovens, chegou ao Brasil em 2015 e, antes de ser enviado em missão para a Macapá, atuava junto à promoção vocacional do Pime Brasil.

Celebrante dom Pedro e padres concelebrantes no momento da Consagração | Foto: Simone Souza

Além do bispo dom Pedro, padre Joseph e padre Luiz Carlini, participaram da celebração os padres Paulo Ney (Paróquia Cristo Bom Pastor), Enoque (Paróquia N.Sa.dos Navegantes), Sisto (Superior regional PIME), Ângelo Da Maren (vigário Paróquia Jesus de Nazaré) e diácono Davi Serrão.

Coordenadores e animadores das Comunidades de Jesus Bom Samaritano foram convidados para representar os fiéis pois a Paróquia ainda não reabriu para participação do público nas celebrações por conta da pandemia da Covid-19.

Em 2020, a Paróquia Jesus Bom Samaritano completou 15 anos de criação. Seu território se estende desde o Conjunto da Ego até o bairro Chefe Clodoaldo na zona sul de Macapá.

Agradecimentos

Aos 75 anos recentemente completados no último dia 16 de junho, padre Luiz Carlini dedicou 48 deles à missão no Amapá. Atuou na fundação das paróquias de Porto Grande e Laranjal do Jari, bem como, por 14 anos na Paróquia Sagrado Coração de Jesus e outros seis anos em Jesus Bom Samaritano.

“Estamos aqui para dizer ao padre Luiz muito obrigado. Se padre Luiz tivesse tido medo nem iria sair da Itália, nem ia ser padre, nem iria vir aqui no Amapá”, destacou o bispo. “É sempre assim, o missionário vai e nem sempre sabe o que vai acontecer”, ressaltou dom Pedro.

“ Não é pouco tempo não, são 48 anos de coragem, de testemunho, de dedicação e de maneira especial, é bom lembrar, com os pequenos, os pobres, os presos” destacou dom Pedro sobre os trabalhos realizados por padre Luiz.

Padre Luiz Carlini, 75 anos, agradece a comunidade | Foto: Simone Souza

Padre Luiz Carlini apresentou sua renúncia no dia 10 de junho por limite de idade segundo o Cânon nº 538 do Direito Canônico. Em sua carta ao bispo diocesano, disse “agradecer a Deus e a esta antiga Prelazia, agora Diocese de Macapá, por ter-me dado a oportunidade de descobrir e crescer, aprender e servir em situações várias na busca de traduzir o Evangelho, nestes 48 anos de presença, na caminhada de vida e de fé, junto ao povo”.

Padre Luiz pretende em breve retornar à Itália para desempenhar suas funções sacerdotais na diocese de origem. Confira abaixo a carta de renúncia apresentada.

Carta-Entrega-Paroquia-07-06-2020-convertido

Comente

Seu email nao sera publicado. Campos marcados so obrigatorios *

*